top of page
  • Foto do escritorCamila Maranhão

Desenvolvimento Pessoal na Era da Inteligência Artificial


candidatos a vaga de emprego sorridentes em trajes formais olhando para a câmera enquanto aguardam a entrevista de emprego

A revolução tecnológica trouxe grandes avanços em diversos setores. Estamos testemunhando uma era definida pelo surgimento e domínio da Inteligência Artificial (IA). Diante dessa realidade, é comum nos perguntarmos: até que ponto máquinas como ChatGTP, BIA e CORA poderão assumir as responsabilidades e funções que hoje pertencem aos humanos?


Não há dúvidas de que a IA será capaz de assumir diversas funções que atualmente ocorrem de intervenção humana, especialmente aquelas que são repetitivas ou baseadas em padrões. No entanto, há uma série de competências e habilidades que são intrinsecamente humanas e particularmente replicáveis, a menos que não haja futuro previsível. Estamos falando de qualidades como a capacidade de criar conexões profundas, a habilidade de estabelecer relações óbvias, a empatia, a capacidade de interpretar nuances emocionais e muitas outras que são fundamentais para a nossa sociedade.


Dentro deste cenário, para que profissionais e indivíduos mantenham-se relevantes e desejados pelo mercado de trabalho, é essencial que invistam e aprimorem essas habilidades humanas. E, felizmente, existem inúmeras maneiras de fazer isso. O universo de desenvolvimento pessoal e profissional oferece cursos, livros, seminários e treinamentos para aqueles que desejam se aperfeiçoar. Métodos mais personalizados, como o coaching ou a mentoria, são mostrados particularmente eficazes, pois proporcionam uma abordagem individualizada, trabalhando diretamente nos pontos fortes e nas áreas de melhoria de cada indivíduo.


Vivemos em tempos de mudanças rápidas e constantes. Aqueles que não se adaptarem ou não buscarem evoluir correm o risco de serem deixados para trás. Dito isso, encorajo cada leitor a fazer uma reflexão profunda. Numa escala de 0 a 10, avalie a sua competência em áreas como comunicação, liderança, empatia, flexibilidade, capacidade de escuta, assertividade e autorresponsabilidade. Se descobrir o que está abaixo da média em qualquer uma dessas áreas, esse é o seu ponto de partida.


Finalizo com um desejo sincero: que cada pessoa reconheça seu valor e potencial único. A IA pode ser poderosa, mas as qualidades que nos fazem humanos são insubstituíveis. Aposte no seu desenvolvimento e acredite no seu potencial. Em um mundo dominado pela tecnologia, é o toque humano que continua sendo nosso maior diferencial.




Camila Maranhão é Coach Criacional e contribui na Priorize Gestão em diversos processos de desenvolvimento de líderes e mentoria.

コメント


bottom of page